quinta-feira, 15 de maio de 2014

30 Semanas de Heru-wer: Semana 2 – Quando você descobriu a existência dessa deidade? O primeiro contato!


Em Hotep
Vamos para a segunda semana?

Normalmente, as pessoas confundem muito Heru-wer com outros Heru (sim, existem vários outros) essa confusão é bem comum, e isso acontecia comigo no começo. Conheci Heru, sob o nome grego de Hórus e comecei a cultua-lo a partir desse nome. Tive várias experiencias emocionantes com ele, Hórus me ensinou a ser forte, honrado e corajoso, enfrentando os problemas sempre de cabeça erguida, ele me mostrou o quando posso ser forte.
Os anos se passaram e 2012 comecei a estudar a Ortodoxia Kemética, fiz o curso de Zep-Tepi, e finalmente, pela primeira vez fui festejar os Wep Ronpet, que é o ano novo kemético, no segundo dia, que é o aniversário de Heru-wer, fui fazer meus ritos normalmente, quando chamei este nome, meu corpo se arrepiou completamente, exatamente a mesma sensação que sempre tive ao invocar Hórus, e ai, senti no fundo do meu coração, que o mesmo deus que eu invocava no meu passado para me socorrer, era aquele deus que estava diante de mim.
No meu RPD - Ritual Parent Divination, descobri que Heru-wer é meu pai, e aquilo foi a coisa mais fantástica, apesar de já ter imaginado algo. Fiquei muitíssimo feliz, porque ai comecei a perceber que Heru-wer sempre esteve ao meu lado, mesmo quando eu o invocava por outro nome (apesar que agora, ele exige que eu o chame pelo nome certo), ele é um pai que cuida, mas que ensina e quer que seus filhos deem o melhor de si. Ele é um pai que tem bastante fé nos seus filhos e exige que se esforcem cada vez mais para vencer!

Dua Heru-wer

Um comentário:

Pasemwesir disse...

Ai, ai meu primo... RPD hein? Quantas memórias boas <3. Dua Heru-wer!