sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Deuses de Supermercado


Quando comecei a estudar bruxaria, eu estava mais interessado em Resultados, coisas extraordinárias que eu pudesse fazer em minha vida, e acredito que isso é o que mais atrai os novos praticantes da magia oculta. No entanto, acredito também que essa atitude esta impregnada em nossa cultura contemporânea, onde não se aprofunda em nada e só se busca o resultado e o proveito, algo útil. Vi uma coisa interessante no facebook que é algo latente hoje em dia: “as pessoas não querem saber de Deus, eles querem o milagre”. Isso não esta sendo um defeito somente do cristianismo, vemos muito isso no paganismo, pois muitas vezes vemos praticantes citando os deuses como só mais um elemento de um feitiço ou de um ritual especifico, algo como um ingrediente que se encontra numa loja esotérica, ou num supermercado. Sim, o capitalismo chegou no Plano Divino, e as pessoas  estando os tratando como Deuses de Supermercado.

Onde esta o culto? Onde esta o respeito? Onde esta a adoração?

Os deuses vivem através de nos, mas de fato, eles não precisam de nos para existirem, os deuses são alto suficientes e sempre estão trabalhando por nos, mas eles continuam sendo deuses e nos continuamos sendo humanos, suas criações. Os deuses de forma alguma são simples ingredientes de um rito, ou de um feitiço, é um desrespeito tratá-los como tal, então porque ainda os invocamos somente para assuntos específicos e querendo unicamente que eles nos ajude? Colamos num pratinho alguma oferenda, invocamos um deus ou uma deusa, e buscamos resultados e se eles não atenderem, ainda sujamos seu nome. É um absurdo isso!


A religião pagã, seja ela neo ou não, se baseia em práticas da antiguidade, e quando olhamos o passado, não vemos esse fenômeno de “deuses de supermercado”, não iam no Templo de Afrodite somente mulheres solteiras em busca de marido, eles também a cultuava, a adorava, sem busca de “resultados ou  milagres”, existiam pessoas de fato dedicadas unicamente a divindades especificas e que prestavam culto a essa divindades, por amor e respeito, não somente em busca de milagre, pois o milagre é um reação, é algo que vem quando se precisa.

Pelo menos na espiritualidade pagã, não existe essa da divindade exigir adoração ou exclusividade, eles não querem isso, eles querem que sejamos livres, mas acredito que diminuí-los a ingredientes é algo profano, pois os deuses são algo muito além do sagrado, são algo divino!

Isso não quer dizer que você não possa invocar um deus da fartura para seu ritual ou feitiço de prosperidade, claro que pode, e eles ajudaram com todo amor, mas por favor, tenha consciência de sua divindade,  agradeça sempre, respeite sempre. Se possível, dedica-se ao culto de uma divindade especifica com que você se atraia, preste cultos, faça isso gratuitamente, com amor e respeito, você fazendo isso não será menos pagão, os deuses, todos eles estão com você, prestar culto é uma forma de agradecer pelo simples fato de você estar respirando, agradecer pelo sol que se levanta no horizonte, agradecer por você conseguir acordar e por você esta vivo, isso por si já é um grande milagre.


Deuses, são DEUSES, nunca abaixo disso e eles tem que ser tratados como tais!

3 comentários:

Leo disse...

Concordo! A magia acontece justamente quando partilhamos da essência da divindade, e não por meros atos mecânicos repetidos. Não adianta oferecer mil rosas vermelhas p Afrodite pedindo amor. É preciso vivencia-la, conhece-la, partilhar da sua essência e ser o próprio Amor -isto é magia. E isso só se dá través do culto, e nao com receitas prontas.

Tiw Bras disse...

A-D-O-R-E-I a materia e o blog como um todo.

Concordo com o que vc disse aqui. Como banalisaram a espiritualidade de um modo geral, hoje em dia as pessoas querem que o feitiço dê certo, não estão nem ai para qual Deus ou Deusa está pedindo.

Ninguem agradece mais. ninguem conversa mais com os Deuses. É só pedir e quando agradecem é um agradecimento mecanico e essa é uma caracteristica cristã. Infelizmente é assim hoje, mas está mudando, aos pocos mas está...


Mais uma vez parabens pelo blog, adorei mesmo :D

Johney Soares de Carvalho disse...

concordo plenamente com certeza entrar em contato co a divindade e muito mais do que repetir palavras ou fazer gestos, é preciso algo mais..